O Maior Microscópio do Brasil e a Partícula de Deus Atravé do Acelerador de Elétrons

Ir em baixo

O Maior Microscópio do Brasil e a Partícula de Deus Atravé do Acelerador de Elétrons

Mensagem por Admin em Seg Mar 19, 2018 11:48 pm

O Maior Microscópio do Brasil e a Partícula de Deus



Quem não acompanha o assunto talvez se surpreenda, mas há 20 anos que o Brasil tem o seu acelerador de partículas, o único da América Latina, feito quase que exclusivamente com peça produzidas no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron, do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (LNLS/CNPEM), em Campinas (SP).

O UVX, abreviação para "do ultravioleta ao raio-X", não tem a mesma função do Grande Colisor de Hádrons (LHC), do Cern (Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear), na Suíça, mas já contribuiu bastante para pesquisas nacionais e internacionais que exigem imagens em escala micro.

Hoje sua tecnologia de segunda geração já ficou ultrapassada, mas ele serve de inspiração para um projeto maior, um dos principais em andamento na área de ciência e tecnologia no país: o Sirius, que pretende competir pelo título de acelerador de elétrons mais moderno do mundo.

É uma construção ambiciosa, que deve consumir R$ 1,5 bilhão em investimentos do governo federal e, se o planejamento for cumprido, funcionará a partir de 2018 --até o momento não foram anunciados cortes de verbas para o projeto.

Mas você sabe por que é importante investir tanto na luz síncrotron?.

O Brasil não vai descobrir nenhuma "partícula de Deus" com esse acelerador. A função de aceleradores de elétrons como o UVX e o Sirius é gerar uma luz super brilhante, chamada síncrotron, usada para produzir imagens microscópicas incrivelmente detalhadas e com grande potencial para pesquisas.
Mas você sabe por que é importante investir tanto na luz síncrotron? O Brasil não vai descobrir nenhuma "partícula de Deus" com esse acelerador. A função de aceleradores de elétrons como o UVX e o Sirius é gerar uma luz super brilhante super brilhante, chamada síncrotron, usada para produzir imagens microscópicas incrivelmente detalhadas e com grande potencial para pesquisas.
Funciona mais ou menos assim:


A aceleração de elétrons a uma velocidade próxima à da luz gera uma radiação que pode ser usada para enxergar em nível molecular. Funciona como um gigantesco microscópio.
Esse detalhamento é importante para pesquisas em áreas tanto da física, química e biologia quanto da medicina, geologia, nanotecnologia, engenharia de materiais e até paleontologia, por exemplo.

Com o Sirius, o Brasil vai estar na ponta da tecnologia ligada à luz síncrotron. Ele vai permitir fazer coisas que em nenhum outro lugar do mundo é possível. Vou ficar feliz quando o Brasil for lembrado por ter o acelerador de elétrons mais moderno do mundo.

Antônio José Roque, diretor do LNLS

Boa Leitura e Complementação de Informação.

Att.

Admin
Admin

Mensagens : 45
Data de inscrição : 19/09/2015

Ver perfil do usuário http://cpma.directorioforuns.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Maior Microscópio do Brasil e a Partícula de Deus Atravé do Acelerador de Elétrons

Mensagem por Admin em Ter Mar 20, 2018 9:11 am

Incrível d ao mesmo tempo inacreditável.

Admin
Admin

Mensagens : 45
Data de inscrição : 19/09/2015

Ver perfil do usuário http://cpma.directorioforuns.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum